portes
Portes grátis

para compras > 24.90€

Entrega dia útil seguinte
em Portugal Continental

Secure Faça compras
em segurança
mbway
visa
paypal
mb
shopp
0 produtos
  • home
  • Destaques
  • Promoções
  • search

Ficha do produto

XAROPE SEIVA 1000ML VAJRA

Código: 1011866 - Emagrecimento - Suplementos - Emagrecimento

PVP: 49.95 €

IVA de 23 % incluído.


Produto sem stock disponível.

Informação resumo

A cura ideal para emagrecer e desintoxicar.


Informação geral

O que é o Xarope de Seiva Natural?

Os dois ingredientes principais da cura são o sumo de limões frescos e o xarope de seiva. O xarope de seiva provém da mistura dos riquíssimos sucos do ácer das regiões nórdicas e de palmeiras que crescem nos trópicos. O xarope de ácer provém dos vastos bosques da América do Norte, onde os índios já conheciam a arte de extrair desta árvore a sua doce seiva, preparando com ela um xarope que se conservava. Naquelas paragens o açúcar foi durante muito tempo uma raridade e, por isso, o xarope de ácer tornou-se um alimento básico importante. O ácer produz a seiva apenas durante um período de quatro a seis semanas, entre Março e Abril, quando começa a cálida Primavera no Canadá. Nos trópicos existe uma palmeira, a palmeira de áren, que produz uma seiva alimentar doce. A seiva obtém-se cortando a extremidade da palma quando esta começa a florir. Do talo cortado, a seiva cai gota a gota para um recipiente. Homens ágeis sobem e descem rapidamente para esvaziar os recipientes e voltar a colocá-los. Esta seiva é depois aquecida num grande recipiente, até ficar espessa e com a consistência de açúcar caramelizado. O xarope de palma é delicioso e no seu local de origem é preferido ao açúcar branco. Análises efetuadas revelam que ele é muito rico em minerais, minerais esses que são essenciais para esta cura. A cura do limão era inicialmente feita com sumo de ácer. No entanto, diversas análises realizadas ao sumo de ácer, ao longo de vários anos, revelaram que o conteúdo de minerais do ácer está sujeito a variações naturais. Pensa-se que estas variações são causadas por alterações climáticas, para além das alterações nas condições naturais, tais como a qualidade do solo. Uma vez que a cura com sumo de limão exige um elevado teor de minerais, empreendeu-se a procura de uma melhor solução. Após a descoberta do precioso xarope de palma, combinou-se o xarope de ácer com diversos — e por vezes raros — tipos de xarope de palma. Assim se criou um xarope de seiva que responde plenamente às exigências da cura com sumo de limão. Para o nosso organismo não é importante apenas o conteúdo, em si, dos minerais, mas igualmente a relação entre eles, tal como se encontram no seu ambiente natural. Isto também é válido quanto ao conteúdo de açúcar. O Xarope de Seiva não contém qualquer açúcar artificial, a presença de glucose provém 100% da própria seiva, contendo além disso os oligoelementos necessários à assimilação orgânica. Ao mesmo tempo que proporciona ao organismo um processo de autolimpeza e rejuvenescimento, o Xarope de Seiva Natural assegura funções importantes: - Fornece os nutrientes necessários para que o organismo continue a funcionar em alerta, assistindo e restaurando o equilíbrio mineral dos tecidos e células e facilitando a regeneração das células. - É assimilado diretamente na corrente sanguínea, não sobrecarregando o sistema digestivo. A bebida fornece uma quantidade reduzida de proteínas, o que vai ajudar no processo de eliminação. - Fornece um meio líquido essencial para uma descarga eficiente de detritos do sistema. - A acidez do sumo de limão contribui para o processo de limpeza, agindo sobre o excesso de gordura. - A pimenta de caiena ajuda a acelerar o metabolismo, promovendo a circulação e a eliminação de toxinas. - A energia vital presente nas florestas e árvores que produzem a Seiva Natural dá ao organismo o poder do rejuvenescimento. Durante o programa de desintoxicação, consome-se Xarope de Seiva Natural, limão fresco e pimenta de caiena. Sempre que tiver fome beba um copo desta bebida.

Como efetuar a cura:

Existem dois modos de efetuar a cura: No primeiro, na versão original do Dr. Beyer, a bebida de seiva é ingerida durante 5 a 7 dias, atingindo-se um nível de desintoxicação mais profundo. No segundo, a cura é mais prolongada, de 7 a 10 dias, e permite a ingestão de uma refeição ligeira por dia*. Em ambas as versões o nível de perda de peso é idêntico. Esta última é aconselhada a quem faz a cura pela primeira vez. * Idealmente a refeição deve ser à base de legumes de folha verde (brócolos, feijão verde, espinafres, alho francês, etc.) e pode ser preparada sob a forma de caldo ou com os legumes cozidos ao vapor. Em alternativa a refeição pode consistir numa salada. É ainda aconselhável, como preparação para a cura, ir reduzindo a ingestão de carne, de gorduras e de açúcares, nos dias que antecedem o início da cura.Um bom indicador do progresso da purificação é a língua, que por vezes fica coberta de uma camada branca ou amarelada durante a desintoxicação. Quando a língua fica de novo limpa e cor-de-rosa o processo de purificação pode dar-se por concluído.

Como Preparar:

Para preparar 1,5 L de bebida adicione: - 8 a 10 colheres de sopa (cerca de 120 ml) de sumo de limão fresco, - Igual quantidade de Xarope de Seiva Natural, - 1/2 colher de café rasa de pimenta de caiena. Colocar os ingredientes na garrafa, completar o volume com água e agitar. Pode preparar uma garrafa de manhã para beber ao longo do dia. É preferível não preparar bebida para mais de um dia. Durante o dia, para além da bebida preparada, pode beber mais líquidos, incluindo infusões ou água pura. Se sentir fome basta tomar outro copo de bebida. O ideal é ir bebendo ao longo do dia, sendo uma regra importante não deixar passar mais de 30/40 minutos sem tomar um pouco da bebida. De vez em quando pode tomar uma infusão de menta, pois esta favorece o processo de purificação e contribui para neutralizar maus hálitos ou odores corporais que podem surgir no período de desintoxicação. Esta cura não se dirige a uma situação particular de doença, mas dá ao corpo a possibilidade de se purificar e regenerar, de aumentar as suas defesas e recuperar a forma. Assim, trata-se de uma cura depurativa de usos diversos que pode também ser utilizada como medida preventiva, por exemplo em caso de uma epidemia de gripe. Deve utilizar limões frescos, de preferência cultivados biologicamente. Não utilize sumo concentrado, congelado ou limonadas de preparação química. Como o limão e o Xarope de Seiva contêm todos os oligoelementos necessários não deve recear a sensação de fome. Para uma utilização pontual, utiliza-se em geral dois copos grandes da bebida (33 cl) em substituição de uma refeição. Para a preparação de um copo (33 cl) necessita de: - 2 colheres de sopa (2x 10 ml) de sumo de limão fresco (aprox. 1/2 limão), - Igual quantidade de Xarope de Seiva Natural, - Uma pitada de pimenta de caiena em pó (aprox. 1/10 colher de café rasa). Colocar o sumo de limão, o Xarope de Seiva Natural e a pimenta de caiena no copo, completar o volume com água tépida (ou fria se preferir) e agitar.


Composição

INGREDIENTES:

Xarope de Seiva de Palma (50%); Xarope de Seiva de Ácer (50%).


Informação Complementar

Em complemento do seu regime

Embora apenas se consiga um efeito depurativo e de desintoxicação com a dieta tal como é explicada no separador inicial, há outras maneiras de utilizar a Seiva. Substituição de refeições: É possível fazer uma refeição com 2 copos grandes da bebida de Seiva. Se optar pelo jantar ficará sem tomar alimentos sólidos por um longo período de tempo. Nesse sentido, pode ainda fazê-lo ao jantar e ao pequeno-almoço. Pode no entanto fazê-lo a qualquer refeição e fazê-lo quer ocasionalmente quer por um determinado período de tempo. Manutenção: Caso tenha feito a Dieta da Seiva completa há algum tempo e desejar apenas uma dieta de manutenção, a substituição de refeições pode ser uma boa opção. Contudo deve aguardar-se pelo menos 2 meses após a Dieta da Seiva antes de se iniciar uma dieta de manutenção. Em qualquer dos casos deve reduzir-se a ingestão excessiva de calorias nas outras refeições. Refresco de Seiva: Oferecer a bebida de Seiva como refresco é uma excelente alternativa saudável e agradável para o lanche, quer de adultos quer de miúdos. No Verão pode ser servida com um cubo de gelo. Reduzir o apetite: Tem ainda a opção de preparar uma garrafa de 1,5 l da bebida de Seiva e ir bebendo ao longo do dia e assim comer menos às refeições. Este regime é ideal para quem faz várias refeições ao longo do dia. Preparação da bebida de Seiva: Para a utilização da bebida da Seiva no dia a dia deve prepará-la do mesmo modo, embora não seja necessário acrescentar a pimenta de Caiena, o que torna a bebida mais agradável.



A função eliminação é essencial

Como a cura com sumo de limão é um processo de desintoxicação, convém ajudar a natureza na função de eliminação. A eficácia desta cura falha quando a eliminação é insuficiente; o resultado será tanto melhor quanto mais se eliminar. Em caso de necessidade, para a maior parte das pessoas, será suficiente tomar uma infusão laxante à base de plantas. Tome uma chávena logo de manhã e outra à noite antes de se deitar.



Nem alimentos adicionais, nem comprimidos

Algumas pessoas pretendem tomar suplementos vitamínicos ou outros complementos dietéticos durante a cura, mas isto pode justamente ser a causa do seu fracasso. No decorrer do processo de desintoxicação as células libertam-se das suas impurezas, que começam por se acumular nos gânglios linfáticos. Assim, a ingestão de alimentos e suplementos adicionais não é aconselhável e pode pôr em causa o êxito da cura. No entanto, excetuam-se as situações especiais dos que, por motivo de saúde, estão a tomar medicamentos prescritos pelo seu médico. Nestes casos a cura só deve ser feita com acompanhamento médico, no sentido de não comprometer a eficácia da medicação instituída. Por último, referimos que é particularmente desaconselhada a ingestão de café, por prejudicar o processo depurativo. A maioria das pessoas fica surpreendida com a sensação de bem-estar que sente depois da cura. A maioria dos indivíduos pode prosseguir o seu trabalho normalmente durante a cura. Muitos notam que o seu ânimo melhora e que o seu dinamismo aumenta no final da cura



Sensações de debilidade durante a cura

Durante a cura algumas pessoas podem sentir-se alteradas. A causa não está na cura de limão, em si mesma, mas no que ela interfere e traz à superfície. É possível que sinta mal-estar indefinido, tonturas ligeiras, dores de cabeça ou ainda que se sinta débil e com sono. Estes acessos de debilidade resultam da presença de toxinas na corrente sanguínea e não indicam carência de alimentos ou vitaminas. Se necessário descanse e torne a sua vida um pouco mais cómoda. A maioria das pessoas consegue executar a sua atividade normal. No entanto, se algum dos sintomas se prolongar ou se tornar muito forte ou intolerável, é aconselhável procurar o conselho do seu terapeuta, médico ou nutricionista.



Como terminar a cura

A transição da cura com sumo de limão para a alimentação normal é muito importante. Tal como após um jejum prolongado, a tentação de comer imediatamente após a cura e em quantidade excessiva é bastante forte. Depois de termos dado ao aparelho digestivo alguns dias de descanso, devemos dar-lhe tempo para se acostumar, de novo, ao seu regime habitual. Isto demora dois ou três dias adicionais, só depois o organismo estará apto a assimilar de novo uma alimentação normal. Quem opta pela segunda modalidade, no primeiro dia toma vários copos de sumo de laranja natural durante a manhã. Continua a beber seiva mas, neste caso, com menos sumo de limão. Come a sua refeição ligeira (almoço ou jantar) e eventualmente introduz uma refeição suplementar (uma salada). No segundo dia já poderá comer uma peça de fruta ao pequeno-almoço, continuando a beber sumo de laranja durante a manhã, até à hora do almoço. Ao almoço pode comer uma refeição de legumes mais consistente e também um pouco de pão torrado ou uma tosta. À noite poderá comer uma salada e uma peça de fruta (maçã de preferência). Ao terceiro dia já pode introduzir, por exemplo, cereais integrais. Não comer carne, peixe ou ovos, nem pão fresco, pastéis, café ou leite, durante os três primeiros dias após a cura. A partir do quarto dia pode comer de novo normalmente. Quem opta pela primeira modalidade, em que não ingere qualquer outro tipo de alimentos, no primeiro dia toma apenas vários copos de sumo de laranja natural. Beba devagar! Nos dias seguintes pode continuar com o programa que acabou de ser descrito.



Periodicidade

A cura na versão sem refeições pode ser efetuada uma a duas vezes por ano. Todavia, na sua versão mais ligeira, acompanhada de uma refeição, pode ser efetuada três a quatro vezes por ano. Particularmente quando a cura é feita com frequência, não deve ser prolongada para além do estipulado.



Produtos relacionados

TOP